Artigos

Tenho Um Crédito Pessoal Posso Fazer Outro?

Se já tem um crédito pessoal e precisa de pedir um financiamento extra, saiba como o pode fazer. Peça já uma simulação gratuita com a Gestlifes.
Simule Grátis

Indique-nos de quanto precisa. Nós encontramos a melhor proposta.

2500€
75000€

Hoje em dia, um crédito pessoal pode ser utilizado para dar resposta a inúmeras necessidades, como comprar um carro, ir de férias ou pagar despesas inesperadas.

Existem várias soluções no mercado consoante o objetivo do empréstimo, pelo que pedir mais do que um crédito ao banco é algo comum.

  • Mas será que qualquer cliente pode pedir mais do que um crédito pessoal, ou existem limitações?
  • E como poderá garantir as melhores condições e pagar menos quando precisar de dois créditos?

Se já tem um crédito pessoal e quer pedir outro, a Gestlifes pode ajudá-lo a conseguir o financiamento mais vantajoso, sem qualquer custo adicional.

Sim, é possível pedir um segundo crédito pessoal, desde que tenha condições financeiras para o pagar.

Vários clientes precisam de pedir mais do que um empréstimo ao banco e as entidades financeiras permitem que o façam.

Por exemplo, é habitual ter um crédito automóvel para financiar a compra de um carro e, adicionalmente, pedir um crédito pessoal Universo para dar resposta a outra necessidade.

Isto porque não existe nada na lei que o impeça de ter dois créditos pessoais ao mesmo tempo, quer seja no mesmo banco onde já tem o financiamento ou noutra instituição diferente.

Porém, há algumas variáveis a ter em conta para decidir qual a melhor forma de pedir um segundo crédito pessoal.

posso ter dois créditos pessoais

Mesmo sendo possível pedir mais do que um crédito pessoal, existem casos onde a aprovação será mais difícil do que noutros.

💡 Se o banco considerar que não tem capacidade para pagar duas mensalidades, o pedido de um segundo crédito pode ser recusado.

Por isso, é importante avaliar a sua situação financeira, de modo a perceber qual de duas situações será mais vantajosa para si.

Tudo irá depender da taxa de esforço do seu agregado familiar, isto é, a percentagem dos seus rendimentos que estará afeta ao pagamento de créditos.

É aconselhável que nunca passe dos 33%, pelo que deverá fazer as contas e ver se um segundo crédito pessoal irá sobrecarregar o seu orçamento.

Consoante a situação, poderá optar por duas vias diferentes:

  • Ter dois créditos pessoais ao mesmo tempo, se a taxa de esforço o permitir;
  • Pedir um crédito consolidado para pagar apenas uma prestação, se a taxa de esforço for superior a 33%.

Ainda que a opção mais óbvia seja pedir um segundo empréstimo pessoal, nem sempre será a mais vantajosa.

Uma consolidação de créditos permite-lhe pagar os créditos numa mensalidade única e com um prazo mais alargado.

Isto resulta numa prestação e taxa de esforço mais baixas, comparando com dois créditos diferentes.

Esta solução está disponível em várias entidades em Portugal, como por exemplo, o crédito consolidado Credibom.

Se para além do crédito pessoal já em vigor tiver, também, um empréstimo habitação, pode juntar crédito pessoal com crédito habitação, e pedir dinheiro extra ao banco neste processo.

A grande vantagem é que, atualmente, existe crédito consolidado na hora, cuja resposta e aprovação são tão céleres como um pedido de empréstimo pessoal.

Vamos perceber qual seria a diferença real entre os dois casos para a sua carteira.

Imagine que tem um crédito pessoal Cofidis a 66 meses, do qual faltam pagar 7.000€ ao banco. Neste momento, a sua prestação é de 178,32€.

Quer pedir um novo empréstimo no valor de 6.000€ e pagar em 78 meses, ficando com uma nova mensalidade de 110,21€.

Se o seu rendimento líquido mensal for de 800€, as contas são as seguintes:

MensalidadePrazo de PagamentoTaxa de Esforço

Dois Créditos Pessoais

Mensalidade

288,53€

Prazo de Pagamento

66 Meses e 78 Meses

Taxa de Esforço

36,06%

Crédito Consolidado

Mensalidade

233,21€

Prazo de Pagamento

84 Meses

Taxa de Esforço

29,15%

Ou seja, se optar por consolidar créditos, fica com uma prestação única de 233,21€, em comparação com 288,53€ ao acumular os dois créditos pessoais.

Para além disso, seria pouco provável que a entidade financeira aprovasse um segundo empréstimo, tendo em conta que a taxa de esforço estaria acima dos 33% recomendados.

Juntar os dois créditos num só contrato é a melhor solução neste caso, pois permite reduzir a prestação e a taxa de esforço.

Isto acontece porque alargou o prazo de pagamento. Ficará a pagar em 84 meses os dois financiamentos, em vez de em 66 e 78 meses.

Existe, até, a possibilidade de aumentar para um crédito consolidado 120 meses e assim ter uma mensalidade ainda mais reduzida para estes créditos pessoais.

A Gestlifes é um intermediário de crédito autorizado pelo Banco de Portugal, e acompanha estas diferentes situações diariamente.

Faça uma simulação gratuita e ajudamo-lo a encontrar a melhor solução para o seu orçamento, quer seja um segundo crédito pessoal ou um crédito consolidado.

requisitos para pedir dois créditos pessoais

Conforme já referimos, a aprovação de um segundo crédito pessoal está sujeita à avaliação, por parte do banco, do perfil de risco do cliente.

Ainda que seja bastante comum ter mais do que um empréstimo, só será possível fazê-lo se cumprir alguns requisitos:

  • Não Estar Em Incumprimento Bancário – É fundamental que tenha todas as prestações do seu financiamento atual em dia, dado que os bancos não aceitam pedir crédito com problemas bancários, quer seja empréstimo pessoal ou crédito consolidado.
  • Ter Uma Fonte de Rendimentos Estável – É improvável que consiga um segundo crédito se estiver desempregado, pois aos olhos da entidade, não terá como pagar este encargo. Deve ter recibos de vencimento que comprovem o seu ordenado para ver o financiamento aprovado.
  • Taxa de Esforço Abaixo dos 33% – A soma das mensalidades dos dois empréstimos não pode equivaler a mais de 33% dos seus rendimentos. Este é um critério que os bancos têm em conta para perceber se não está a entrar em sobreendividamento ao solicitar um novo crédito.
  • Apresentar Garantias – Existem algumas formas de transmitir mais confiança ao banco, como incluindo um segundo titular no contrato ou optando por um crédito consolidado com hipoteca. Para além de aumentar a probabilidade de aprovação, consegue melhores taxas de juro para o seu financiamento.

Se o seu pedido para um segundo crédito pessoal for recusado, deve reavaliar a sua situação financeira. Questione se está a pedir mais do que aquilo que necessita ou do que consegue pagar.

💡 Independentemente das suas condições financeiras, acumular créditos não é uma prática aconselhada, pois corre o risco de entrar em incumprimento bancário.

Um segundo crédito pessoal representa uma responsabilidade acrescida às restantes despesas mensais, pelo que esta decisão deve ser tomada de forma consciente e informada.

É possível ter um crédito pessoal e pedir um segundo financiamento ao banco, como por exemplo, um crédito de 1000 euros, desde que tenha condições financeiras para tal.

Isto porque a entidade irá calcular a sua taxa de esforço e avaliar se os seus rendimentos são suficientes para fazer face a dois empréstimos.

Uma boa alternativa para ver o seu empréstimo aprovado é optar por uma consolidação de créditos, ficando apenas com uma prestação mais baixa para pagar os dois financiamentos.

Se ainda tem dúvidas sobre qual é a solução certa para si, simule com a Gestlifes. Iremos analisar a sua situação profissional e financeira e apresentar-lhe a melhor proposta para o seu novo crédito pessoal.

Perguntas Frequentes

Tenho Um Crédito Pessoal Posso Fazer Outro?

Sim, é possível ter dois créditos pessoais.

Isto porque não existe nada na lei que o impeça de ter dois créditos pessoais ao mesmo tempo ou de fazer um crédito consolidado com dois empréstimos pessoais.

Porém, se o banco considerar que não tem capacidade para pagar duas mensalidades, o pedido de um segundo crédito pode ser recusado.

Quantos Empréstimos Posso Fazer?

Não existe um limite máximo de créditos que um cliente pode pedir, pois tudo irá depender da sua situação financeira e da sua taxa de esforço.

É aconselhável que nunca passe dos 33%, pelo que deverá fazer as contas e ver se um novo crédito irá sobrecarregar o seu orçamento.

Posso Fazer Dois Créditos Pessoais Em Bancos Diferentes?

Sim, não é obrigatório fazer os dois créditos pessoais na mesma entidade.

Procura Solução à Medida?
Procura Solução à Medida?
Conte Com a Nossa Ajuda
SIMULAR JÁ
SIMULAR AGORA!