VoltarTodos os artigos
João Pereira
Revisto por João Pereira
João Pereira

Com vários anos de experiência no mercado de financiamento, fundei a Gestlifes em 2018. Desde então, guio uma equipa com mais de 20 especialistas de crédito que ajuda a encontrar a solução adequada de acordo com as possibilidades do cliente.

Como Transferir Crédito Habitação? Poupe Milhares De Euros

Banco de Portugal

Gestlifes é uma marca JPCOM U. LDA, intermediário de crédito vinculado nº1409.

Simule Grátis

Indique-nos de quanto precisa e obtenha a melhor proposta de crédito

30000€
30000€
1000000€

Talvez tenha comprado a sua casa há alguns anos, aceitando condições no seu contrato que atualmente já não se aplicam em novos créditos habitação.

Como este tipo de empréstimo é um compromisso que o acompanha durante grande parte da sua vida, é compreensível que não se contente com altas taxas e que queira pagar mensalidades mais simpáticas para a sua carteira.

Transferir crédito habitação é então, a solução ideal para conseguir melhores condições, isto porque não tem a obrigatoriedade de manter o mesmo contrato até ao seu término.

Visto que o mercado de empréstimos imobiliários está mais barato, uma alteração destas possa significar a poupança de milhares de euros.

É precisamente isso que lhe explicamos neste artigo.

E, através de uma simulação gratuita, a Gestlifes pode ajudá-lo a encontrar a transferência de crédito habitação mais barata.

Transferência de Crédito Grátis

Empréstimo Mais Barato

Redução de Prestação 

Processo Online

Novas Condições de Crédito

Bonificação de Spread

Embora um crédito habitação seja um compromisso a longo prazo, saiba que não existe qualquer obrigação em ficar fidelizado com o seu banco.

Hoje em dia é possível mudar o crédito habitação de banco para obter melhores condições, ou seja, reduzir os encargos e pagar menos pelo seu empréstimo.

Ao transferir o crédito habitação para outro banco, a nova instituição bancária vai pagar antecipadamente a sua dívida ao banco atual.

À nova instituição bancária, vai pagar esta dívida, mas com as novas condições que contratou.

Transferir Crédito Habitação

Para além da enorme poupança que pode obter, mudar o crédito habitação de banco também permite:

  • Alterar de taxa variável para taxa fixa;
  • Aumentar ou diminuir o prazo de pagamento;
  • Conseguir uma bonificação de spread ao contratar outros produtos.

Como falamos de um montante tão elevado, uma simples revisão das condições pode resultar numa redução de milhares de euros.

Custos da transferência crédito habitação

Quando formalizou o crédito habitação, é possível que tenha no contrato uma comissão por reembolso antecipado.

Esta cláusula significa que caso pretenda antecipar o pagamento da dívida, o banco terá uma comissão adicional.

A comissão conhece no entanto limites consoante o tipo de juro contrato:

  • Um máximo de 0,5% do valor em dívida caso tenha contratado uma taxa de juro variável;
  • Até 2% do valor em dívida caso tenha formalizado uma taxa de juro fixa.

Se quando contratualizou o crédito habitação, o banco também absorveu alguma despesa notarial, como por exemplo a escritura, é possível que lhe peça o pagamento caso peça a transferência.

📋 Nota: Nem todos os casos são iguais, por isso, obtenha um acompanhamento personalizado ao transferir crédito habitação.

Para além disso, é preciso ter em conta se na nova entidade financeira vai encontrar outros custos:

  • Comissão de abertura de processo;
  • Comissão de avaliação do imóvel;
  • Custos da nova escritura.

Mas, será que encontra alguma alternativa de transferência de crédito habitação sem custos?

Sim, é possível obter uma transferência de crédito habitação gratuita.

Visto que as transferências ainda são uma novidade para muita gente, esta é a forma dos bancos chamarem a atenção para este produto.

Por isso, esta é a melhor altura para pedir este serviço, pois existem bancos a cobrir grande parte dos gastos associados a este serviço.

Dependendo da entidade financeira poderá conseguir:

💡 Dica: Novas condições de crédito podem significar um empréstimo com menos custos.

Para conseguir a melhor solução requer algum conhecimento no mercado e análise de todas as condições.

Contudo, é um serviço gratuito quando recorre a intermediários de crédito legais e seguros como a Gestlifes.

E essa é mesmo a melhor parte! Não custa nada e ainda pode poupar.

Se ainda não está a visualizar bem até quanto pode chegar essa poupança, nós ajudamo-lo a colocar os pontos nos i’s.

Através do nosso simulador escolha a opção de crédito habitação, indique o montante de financiamento e será contatado pelo seu gestor que dará início à análise gratuita.

Melhor Banco Para Transferir Crédito Habitação

Não há muito que enganar em relação a esta questão.

No fundo, o melhor banco para transferir crédito habitação é aquele que lhe oferece as melhores condições financeiras a longo prazo. Ou seja, que permita que tenha um equilíbrio no seu orçamento todos os meses, enquanto paga um MTIC mais baixo.

Contudo, em todos os casos é realmente importante analisar cada situação, ainda que existam alguns pontos transversais a ter em conta:

  • Spread – Este montante representa o valor que o banco lhe cobra pela cedência do crédito. No fundo, o spread é a margem de lucro do banco.
  • TAEG – A TAEG (Taxa Anual de Encargos efetivos Globais) engloba todos os custos do empréstimo, enquanto a TAN apenas inclui o Spread e a Euribor, por isso é esta a taxa que deve ter em conta na análise de crédito.
  • Montante Total Imputado ao Consumidor – Também conhecido como MTIC, este é o valor total de crédito concedido que inclui o montante financiado e todos os custos associados.

No crédito habitação vai perceber que existe uma forte campanha de marketing à volta do spread mais baixo, no entanto não deve descuidar uma análise ao spread e à TAEG para conseguir a melhor solução.

Vamos conhecer um exemplo?

Transferência Crédito Habitação

Em 2012, o Tiago e a Mariana contrataram um crédito habitação com as seguintes condições:

  • Spread 2,2%;
  • Prazo de pagamento a 40 anos;
  • Prestação mensal de 500€.

Ao fim de 10 anos, ainda lhes resta 30 anos de pagamento e um valor 120.000€ em dívida.

Cansados de ficar sem dinheiro disponível para outros gastos, decidiram transferir o empréstimo para conseguirem condições mais vantajosas.

Ao simularem com a Gestlifes, obtiveram as seguintes propostas:

Financeira TAEG Spread Mensalidade Poupança MTIC

Financeira

Millennium BCP

TAEG

2,7%

Spread

1,75%

Mensalidade

409,27€

Poupança

-90,73€

MTIC

173.967,23€

Financeira

Novo Banco

TAEG

2,2%

Spread

1,20%

Mensalidade

378,57€

Poupança

-121,43€

MTIC

163.896,65€

Financeira

Santander Totta

TAEG

1,9%

Spread

1,20%

Mensalidade

370,94€

Poupança

-129,06€

MTIC

173.210,59€

Como o principal objetivo do Tiago e da Mariana é poupar mensalmente, optaram pela prestação de 370,94€ do Santander Totta que permite a seguinte poupança:

  • Mês – 129,06€;
  • Ano – 1.548,72€;
  • Na totalidade – 46.461,6€.

É fácil perceber que a Gestlifes apresentou três opções que permitem à família reduzir gastos, no entanto, escolher a solução de transferência de crédito mais barata faz toda a diferença para poupar mais.

Quando faz uma simulação com a Gestlifes, vai receber uma proposta personalizada e a mais vantajosa para si.

Sim, compensa mudar o crédito habitação de banco para obter um empréstimo mais baixo.

A verdade é que em grande parte dos casos compensa transferir o crédito habitação para outro banco.

Isto porque o mercado é tão competitivo que as ofertas estão constantemente a sofrer alterações.

São muitos os créditos que suportam ainda valores entre 1,5% a 3% de spread, algo que pode pesar e bem na mensalidade.

Se tem um crédito habitação que comporta estes valores, analise outras propostas de crédito para conseguir uma mensalidade mais leve.

💡 Ler mais: Melhor Crédito Habitação em 2022 – Qual o Melhor Spread?

O que pode ter em conta para tomar esta decisão? Vamos conhecer:

  • Taxa Spread Mais Baixa – Hoje, já são praticadas percentagens de spread desde 0,9%. Um cenário muito diferente dos valores acima dos 2% e 3% que costumavam acontecer há uns anos. É que se isso estiver a acontecer, está a perder um bom dinheiro.
  • Variação Euribor – Sabe-se que esta taxa tem diminuído ao longo dos anos, o que poderá dar uma falsa sensação de poupança, pois esta taxa pode sofrer alterações. A Euribor, é uma taxa atualizada a cada 3, 6 ou 12 meses (consoante o período que escolheu no seu banco) e caso a taxa suba, o mesmo vai acontecer com a sua prestação. Na transferência pode optar também por escolher uma taxa fixa, e deixar de depender desta variação.
  • Produtos Associados ao Crédito – Na maioria dos casos, as instituições financeiras exigem que associe serviços (como o seguro de vida, seguro multirrisco, cartões de crédito, entre outros) ao seu contrato de forma a que obtenha taxas mais em conta. Ao transferir o seu empréstimo, é possível que encontre produtos bancários menos dispendiosos.
  • Custos Associados à Transferência – Como percebeu, dependendo do banco, pode ou não conseguir isenção de custos. Mesmo que acabe por ter algum custo, é provável que transferência de crédito compense no valor que vai poupar.

Se tudo isto lhe soa a trabalho, fique descansado. Uma transferência de crédito habitação só requer que faça uma simulação com a Gestlifes para começar a poupar.

Comece por indicar o montante de financiamento em falta do seu crédito habitação para dar início à comparação da melhor oferta.

Em todo o processo terá acompanhamento personalizado e totalmente gratuito.

Transferência Crédito Habitação Simulador

Agora, recorde o exemplo que demos em cima sobre a família que transferiu o seu crédito.

Nota-se que houve esforço envolvido na procura de um crédito que oferecia mais vantagens. Provavelmente, até foi necessário enviar diversos pedidos de simulação a cada um dos bancos.

E se lhe dissermos que com a Gestlifes não tem esse trabalho?

Com apenas uma simulação gratuita e sem compromissos, levamos o seu pedido às marcas mais confiáveis em Portugal e analisamos:

  • Os custos de transferência que cada entidade cobre;
  • Se compensa associar-se a outros produtos (seguros, cartões de crédito, etc) para obter uma redução de spread na transferência;
  • As caraterísticas de cada crédito (spread, TAEG e comissões).

Para além disso, ainda tratamos de todo a burocracia e parte chata do processo.

Pode também contar com o apoio de um gestor dedicado para a sua transferência de crédito e que esclarece todas as suas dúvidas.

Neste processo terá ainda de reunir alguma documentação, por isso prepare estes documentos para transferir o seu crédito habitação:

  • Cópia da Escritura
  • Cartão de Cidadão
  • Comprovativo de Morada Fiscal – Uma cópia de uma fatura de luz, água, gás ou telecomunicações
  • Comprovativo de IBAN – Obtenha este documento numa caixa multibanco ou através do Homebanking do seu banco
  • Últimos 3 Recibos de Vencimento
  • Último Modelo 3 do IRS – Envie a declaração encontrada na sua área pessoal no Portal das Finanças
  • Mapa de Responsabilidades – Encontra este documento ao clicar em “Central de Responsabilidades de Crédito” no site do Banco de Portugal

💡 Ler mais: Mapa de Responsabilidades – O Que É? Como Obter?

Praticamente todos os créditos habitação podem ser transferidos, mas, se pretender mudar de banco tenha em conta:

  • Comunicação ao Banco – Assim que o processo inicia, deve contatar o banco e indicar que vai transferir o crédito num prazo de 10 dias úteis antes da mudança. O banco atual deve também comunicar num prazo de 10 dias úteis todas as informações do seu crédito à instituição bancária que vai tratar da transferência.
  • Dedução Fiscal – Se tem um crédito habitação antes de 2011, os seus juros são dedutíveis no IRS. Ao mudar de banco será considerado como um novo empréstimo e perderá este benefício. Contudo faça bem as contas, porque provavelmente a poupança da transferência cobre facilmente esta dedução.
  • A Sua Situação Financeira – Visto que o novo crédito vai pagar a dívida que tem com o empréstimo anterior, terá de mostrar que cumprirá sempre com os pagamentos das mensalidades.

Apenas não consegue alterar o crédito habitação de banco se beneficiar de alguma suspensão de pagamento, como são os casos das moratórias.

Contudo, nada impede que simule online e conheça outras condições para que na altura da transferência já saiba qual é a solução que vai avançar.

Ao colocar na balança os requisitos de uma transferência de crédito habitação de um lado e os seus benefícios do outro, é normal que a sua atenção recaia sobre as vantagens.

Através deste produto financeiro, reduz a sua mensalidade e ainda obtém melhores condições nos seus produtos associados ao empréstimo.

A melhor parte é que pode deixar nas nossas mãos a tarefa mais difícil: colocar todas as ofertas de crédito habitação em cima da mesa.

Com uma simulação gratuita, a Gestlifes ajuda-o a encontrar a solução de crédito que responde às suas necessidades.

Perguntas Frequentes

Como funciona a transferência crédito habitação?

Ao transferir o crédito habitação para outro banco, a nova instituição bancária vai pagar antecipadamente a totalidade da sua dívida ao banco atual.

Posteriormente, pagará essa dívida à nova instituição bancária, mas com as novas condições que contratou.

Esta simples alteração pode permitir a redução em milhares de euros no seu empréstimo.

Saiba como funciona e como pedir uma simulação grátis no nosso artigo sobre transferência de crédito habitação.

Transferir crédito habitação tem custos?

Os custos da transferência de crédito dependem do seu contrato atual de crédito e das condições que consegue na nova entidade financeira.

Dependendo da transferência pode encontrar:

  • Comissão por reembolso antecipado
  • Comissão de abertura de processo;
  • Comissão de avaliação do imóvel;
  • Custos da nova escritura.

Saiba no entanto que é possível obter transferências de crédito gratuitas.

Perceba como funciona a transferência crédito habitação e simule gratuitamente.

É possível transferir crédito habitação sem custos?

Sim, é possível obter uma transferência de crédito habitação gratuita.

Dependendo da entidade financeira poderá conseguir:

  • Comparticipação da comissão de reembolso;
  • Isenção das comissões do processo;
  • Isenção dos custos associados à escritura.

A Gestlifes ajuda-o a transferir crédito habitação e a conseguir melhores condições de crédito.

Qual a vantagem de fazer uma transferência de crédito habitação?

Quando assinou o seu contrato de crédito habitação, certamente que teve de aceitar condições que hoje em dia já não se aplicam.

Atualmente, as taxas de juros estão mais baixas e os produtos financeiros associados ao seu contrato estão mais baratos.

Assim, vai conseguir pagar menos de prestação mensal. Descubra mais no nosso artigo sobre como transferir crédito habitação.

Qual o melhor banco para transferir crédito habitação?

O melhor banco para transferir crédito habitação é aquele que lhe oferece as melhores condições financeiras a longo prazo.

Existem alguns fatores a ter em conta como:

  • Spread
  • TAEG
  • Montante Total Imputado ao Consumidor

Como depende de caso para caso, conheça o nosso exemplo prático de transferência de crédito para perceber quanto pode poupar.

Aproveite para simular gratuitamente e obter a melhor proposta.

Posso fazer uma transferência de crédito habitação?

Sim. Caso já tenha um crédito habitação há algum tempo, não tem a obrigatoriedade de manter o mesmo contrato até ao seu término.

Faça aqui a sua simulação de crédito habitação para obter melhores condições de contrato.

Comparamos várias propostas de entidades financeiras diferentes para o seu pedido, respondendo da melhor forma à sua situação financeira.

SIMULAR AGORA! SIMULAR AGORA!