VoltarVoltar à Página Principal
João Pereira
Revisto por João Pereira
João Pereira

Com vários anos de experiência no mercado de financiamento, fundei a Gestlifes em 2018. Desde então, guio uma equipa com mais de 20 especialistas de crédito que ajuda a encontrar a solução adequada de acordo com as possibilidades do cliente.

Crédito Consolidado: Pague Menos Por Mês ao Juntar Créditos

Banco de Portugal

Gestlifes é uma marca JPCOM, intermediário de crédito vinculado e autorizado pelo Banco de Portugal nº1409.

Simule Grátis

Indique-nos o montante total dos créditos que precisa de consolidar.

2500€
75000€

O aumento do custo de vida em 2023 faz com que as famílias pensem nas suas contas mês a mês.

E, a situação complica ainda mais para quem tem créditos por pagar, disparando a procura por crédito consolidado.

No fundo, consolidar créditos permite poupar a curto prazo porque:

  • Consegue reduzir os custos dos encargos e comissões;
  • Alarga o prazo de pagamento;
  • Junta créditos numa única mensalidade com uma redução até 60%.

Através do simulador crédito consolidado da Gestlifes, consegue baixar o valor pago em prestações, assegurando que tenha um maior fôlego financeiro.

Esta simulação, que não tem qualquer custo, inclui a comparação de várias entidades financeiras portuguesas, indicando-lhe o melhor banco para consolidar créditos.

  • Redução até 60% da Prestação
  • Um Só Pagamento Mensal
  • Mensalidade Mais Baixa
  • Taxas de Juro Mais Baixas
  • Processo Pouco Burocrático
  • Prazos Alargados

Um crédito consolidado permite juntar vários créditos numa única prestação mais baixa.

Esta redução de custo acontece porque termina com os vários empréstimos que tem na carteira, e fica apenas com um contrato, mas com taxas mais reduzidas e com a possibilidade de alargar o prazo de pagamento que faz diminuir o valor que paga por mês ao banco.

Ao consolidar créditos, começa então a pagar a uma só entidade financeira (a entidade onde fez a sua consolidação de créditos).

Assim, passa a ter apenas um contrato ativo, com todos os créditos consolidados, e faz somente um pagamento por mês em vez de fazer múltiplos pagamentos em datas diferentes.

A redução da sobrecarga mensal pode chegar até aos 60%!

Ou seja, olhando para um exemplo de consolidação de crédito, alguém que tenha encargos de 800€ por mês poderá passar a pagar apenas 320€ por mês:

Exemplo de crédito consolidado que permite reduzir a prestação de 800€ para 320€

Neste exemplo, ao juntar créditos: habitação, automóvel e pessoal, permite uma poupança de 480€ por mês, ou seja, 5.760€ por ano.

Uma das grandes vantagens de uma consolidação é precisamente a possibilidade de controlar melhor as suas finanças pessoais.

Ao consolidar e conseguir uma prestação mais baixa, garante que cumpre o pagamento das suas prestações de crédito e ainda voltar a poupar dinheiro ao final do mês, conseguindo uma melhor qualidade de vida.

Por vezes não dá para planear o futuro com precisão, e por isso, foi fazendo os seus créditos consoante o aparecimento de uma nova necessidade.

Como cada crédito tem os seus encargos associados, acaba por “fazer um bolo” de prestações demasiado pesado para a sua carteira, colocando no limite a sua taxa de esforço.

E, é bastante provável que tenha estes empréstimos espalhados em entidades financeiras diferentes, como por exemplo ter um ou vários cartões de crédito e um crédito pessoal.

É aqui que entra o crédito consolidado: o funcionamento é tão simples como pedir uma consolidação para o valor total em dívida dos vários créditos, e a nova entidade financeira trata de todo o processo junto das outras instituições.

Posteriormente, vai pagar esse valor total, numa única prestação mais baixa, a esta nova instituição financeira.

Tudo isto permite-lhe pagar menos por mês:

crédito consolidado poupança

Um crédito consolidado acaba por ser um produto relacionado à poupança mensal.

Assim, este tipo de crédito está fortemente associado a todas as pessoas que tenham vários créditos por pagar e estejam à beira de uma situação mais complicada.

A razão simples é que o alargamento do prazo de pagamento, associado à redução das taxas de juro, permite “poupar agora“.

Esta é também uma jogada de antecipação para evitar o incumprimento, e muitas das vezes, uma forma de conseguir ter mais dinheiro no fim do mês.

Quem procura pela consolidação de créditos, pode beneficiar de melhores condições:

  • Mensalidade mais baixa depois da consolidação;
  • Alargar o prazo de pagamento, tornando num crédito consolidado 120 meses.
  • Organizar melhor o orçamento, tendo apenas um crédito, com uma única entidade financeira.

Este processo sendo pouco burocrático acaba por ser uma ótima solução para quem precisa de uma alternativa para poupar a curto prazo.

Para obter uma proposta de redução de prestação não precisa de procurar por entidades financeiras, comparar várias ofertas e tomar esta decisão sem ajuda.

Apesar da consolidação permitir uma redução para grande parte dos casos, escolher a oferta certa pode fazer a diferença para conseguir uma redução ainda maior.

Este simulador de crédito consolidado é 100% online, gratuito e sem compromisso, o que significa que pode fazer a simulação no conforto da sua casa e tomar uma decisão com a ajuda da Gestlifes.

Basta indicar o valor total dos seus créditos e quanto precisa para consolidar.

Posteriormente tem uma simulação estimada com base no prazo de pagamento que selecionar.

Simulador de crédito consolidado que permite obter uma proposta para consolidar.

Após submeter o pedido de consolidação, pode acompanhar o estado da aprovação em tempo real diretamente na sua área de gestão.

É nesta área que pode indicar a sua situação profissional e enviar a documentação necessária.

No processo é também contatado pelo seu gestor de conta que esclarece todas as dúvidas. E, caso a proposta para juntar créditos seja vantajosa para si, pode finalizar todo o processo sem sair de casa.

A única forma de conseguir o melhor banco para consolidar créditos é através da comparação de propostas, ou seja, analisando as simulações e as respetivas TAEG sugeridas para juntar créditos.

Ainda assim vai depender do seu contexto: montante que necessita, em quanto tempo quer pagar, estado dos créditos e da sua vida profissional/pessoal.

Pode começar por perceber qual o melhor banco para consolidar créditos analisando as taxas de juro mais baixas:

Entidade Financeira TAEG Crédito Consolidado

Entidade Financeira

Cofidis

TAEG Crédito Consolidado

Desde 8,4%

Entidade Financeira

Cetelem

TAEG Crédito Consolidado

Desde 9,7%

Entidade Financeira

Banco CTT

TAEG Crédito Consolidado

Desde 10,5%

Entidade Financeira

Universo

TAEG Crédito Consolidado

Desde 12,5%

Entidade Financeira

Unibanco

TAEG Crédito Consolidado

Desde 12,6%

Entidade Financeira

Montepio Crédito

TAEG Crédito Consolidado

Desde 12,9%

Valores atualizados a 12.01.2023 a partir das financeiras que permitem consolidação de créditos.

Adicionalmente existem bancos que ainda oferecem a possibilidade de incluir como garantia do empréstimo um bem importante, como a casa ou um carro, para conseguir uma redução de custos ainda maior.

A TAEG acaba por ser o principal ponto de referência para análise, no entanto, existem estes pequenos detalhes que permitem baixar ainda mais a prestação.

Estes são pontos que a Gestlifes tem em conta para conseguir o melhor banco para consolidar créditos.

Quando faz uma simulação crédito consolidado connosco, reencaminhamos o seu pedido para várias instituições, recolhemos as propostas de consolidação feitas especificamente para si e, encontramos as melhores condições para o seu contrato.

Uma das grandes vantagens da consolidação de crédito é que não é obrigado a fazer este processo onde tem os créditos.

Até porque o mais provável é que tenha os créditos em diferentes entidades financeiras.

Imaginando que tem dois créditos em duas entidades financeiras e nenhuma destas tem uma proposta de crédito consolidado.

Se procurar uma simulação de crédito consolidado noutra entidade, essa vai ficar responsável por liquidar os seus créditos e vai começar a pagar esta prestação única à nova instituição.

Pode parecer complexo para si, mas é bastante simples, tendo em conta que o crédito consolidado é tratado praticamente pelo banco que escolhe.

Isto significa que pode juntar créditos num só, mesmo com uma proposta de um concorrente.

Procura ainda assim um exemplo de consolidação?

Considere, o João e a Mariana, com dois filhos que procuram uma forma de poupar nas suas despesas e pediram uma simulação de crédito consolidado à Gestlifes.

Crédito Consolidado Exemplo

Eles já têm um crédito automóvel e um crédito pessoal (sem nenhum incumprimento), sendo que ambos estão a contrato e recebem 1.000€ “limpos”.

De momento gastam 500€ em prestações mensais de crédito:

Tipos de Crédito Prestação Mensal Montante Por Pagar

Tipos de Crédito

Crédito Automóvel

Prestação Mensal

300€/mês

Montante Por Pagar

9.000€

Tipos de Crédito

Crédito Pessoal

Prestação Mensal

200€/mês

Montante Por Pagar

6.000€

Tipos de Crédito

Total

Prestação Mensal

500€/mês

Montante Por Pagar

15.000€

Antes de conhecerem as ofertas de crédito consolidado, o João e a da Mariana analisam a sua situação atual:

  • 500€ por mês em prestações de crédito;
  • Ainda não têm uma casa própria;
  • Só lhes resta pagar 15.000€ (dívida restante dos dois créditos juntos) e esse será o montante de financiamento que irão solicitar;
  • Não têm pressa para reembolsar o crédito e vão escolher o prazo de 84 meses.

Comparámos várias propostas de crédito consolidado, onde tivemos em conta as melhores taxas, financiamento de grandes valores e prazos de pagamento alargados.

Veremos então ao pormenor como se comportam os bancos e as entidades financeiras, quais as suas ofertas de crédito consolidado e quanto será a poupança para o João e para a Mariana.

Qual o Banco Com a Melhor Oferta de Crédito Consolidado?

O melhor crédito consolidado é aquele que oferece a prestação mensal mais baixa e o MTIC mais reduzido.

Pois bem, são precisamente esses os pontos que comparamos nas seguintes simulações para consolidar os créditos da Mariana e do João:

Entidade Financeira Nova Prestação MTIC Poupança Estimada

Entidade Financeira

Cofidis

Nova Prestação

258,26€

MTIC

21.957,84€

Poupança Estimada

241,74€

Entidade Financeira

Banco CTT

Nova Prestação

261,12€

MTIC

22.330,08€

Poupança Estimada

238,88€

Entidade Financeira

Cetelem

Nova Prestação

262,31€

MTIC

22.298,04€

Poupança Estimada

237,69€

Entidade Financeira

Unibanco

Nova Prestação

262,39€

MTIC

22,304.89€

Poupança Estimada

237,61€

Valores atualizados a 12.01.2023.

Assim, fica mais fácil identificar que a proposta de crédito consolidado Cofidis possibilita que a família pague menos por mês, para além de ser a opção que fica mais em conta.

Repare que, mesmo tendo de pagar o crédito por mais tempo, o João e a Mariana conseguem baixar a prestação mensal em 241,74€ para aplicar nas suas despesas, como é o caso da nova renda da casa.

Ao pagar 500€ por mês (6000€/ano) conheça a poupança do casal ao juntar créditos:

Cronologia Prestações

Cronologia

Antes da Consolidação de Crédito

Prestações

6.000€/ano

Cronologia

Depois de Juntar os Créditos

Prestações

2.900,88€/ano

Cronologia

Poupança Total

Prestações

3.099,12€/ano

Lembre-se: o montante de financiamento e prazo de pagamento acabam por ter impacto na melhor solução de crédito consolidado para si.

Se precisa de uma análise ao seu pedido, a Gestlifes faz uma comparação por si para encontrar o melhor crédito consolidado.

Algo que deve ter em conta é que ambas as estratégias permitem reduzir custos.

A grande diferença é que ao pedir uma renegociação de créditos, ou seja, uma revisão das condições do contrato, o banco pode marcar essa restruturação no mapa de responsabilidades como um cliente que passou por dificuldades financeiras.

Ora, esta nota é comunicada para a entidade reguladora Banco de Portugal, o que pode de futuro condicionar o acesso a novos empréstimos.

Mas, por outro lado, isso não acontece com um crédito consolidado: ao juntar créditos o seu nome não fica marcado.

Esta é uma clara vantagem neste produto, porque no fim de contas, está a conseguir aliviar o seu orçamento mensal e não obtém a tal marcação que pode ser negativa de futuro.

Requisitos para consolidar créditos

Para juntar todos os créditos num só, existem dois tipos de requisitos: um enquanto consumidor de créditos para verificar se esta elegível para avançar com o pedido e outro para confirmar se os financiamentos podem entrar numa consolidação de créditos.

Por isso, vamos dividir os requisitos em duas seções.

Antes de solicitar um crédito consolidado, há que verificar se está elegível para avançar com o seu pedido.

Para tal, veja se preenche os seguintes requisitos:

  • Ter menos de 80 anos;
  • Situação profissional estável;
  • Soma dos créditos individuais ser superior a 5.000€;
  • Ter rendimentos declarados em Portugal;
  • Não estar em situação de incumprimento com os bancos.

Os bancos analisam a sua situação de vida para garantir que consegue cumprir com o pagamento das prestações do seu crédito e que não vai entrar em incumprimento.

Existe ainda assim uma exceção no mercado, um parceiro da Gestlifes, o BNI Europa analisa também pedidos que estejam com menos 3 meses de incumprimento e que não tenham excedido o valor da dívida de 75.000€.

Na hora de consolidar crédito é necessário perceber quais são elegíveis para consolidação.

Este são os tipos de crédito que juntar num só:

  • Créditos pessoais;
  • Créditos automóveis;
  • Créditos hipotecários;
  • Cartões de crédito;
  • Linhas de crédito.

Ora, quando falamos de crédito ao consumo ou créditos pessoais, podemos consolidar praticamente todas as soluções.

É neste tipo de créditos que é possível conseguir um crédito consolidado 120 meses igualmente.

Contudo, existem exceções na consolidação de crédito, tais como, os créditos comerciais cedidos através de cartões de especiais de pagamento ou créditos que foram renegociados por força do banco anteriormente.

Isto é, se os empréstimos foram renegociados de forma voluntária pelo cliente, ainda podem entrar numa consolidação de créditos.

Apesar de não conseguir juntar créditos de todas as finalidades, existem algumas particularidades na consolidação de crédito, como por exemplo do crédito habitação, que iremos abordar de seguida.

O mais comum é juntar créditos ao consumo, que por norma, são aqueles que são mais facilmente acumuláveis.

Mas, no crédito consolidado é também possível juntar um crédito pessoal a crédito habitação.

Se por ter um crédito habitação à mistura pode parecer mais complexo, a verdade é que é uma tarefa bastante simples para as financeiras que disponibilizam créditos consolidados.

Posteriormente, e ao juntar o crédito pessoal a crédito habitação, a solução mais natural é que o seu crédito consolidado envolva também uma hipoteca do imóvel.

Assim, nesta consolidação de crédito passa apenas a ter um crédito, juntando o crédito pessoal a crédito habitação.

✅ Sim. Na consolidação de crédito, é possível também incluir hipoteca.

Pois bem, o crédito hipotecário é um tipo de crédito onde existe uma garantia de um imóvel, ou seja, uma garantia à entidade financeira caso entre em incumprimento no pagamento da sua prestação.

E este até pode ser aplicado com reforço de hipoteca, ou seja, mesmo que o imóvel já tenha um hipoteca associada.

Incluir hipoteca permite-lhe obter algumas vantagens no momento da simulação do crédito consolidado:

No entanto, deve apenas escolher um crédito consolidado com hipoteca caso garanta que o seu rendimento é suficiente para pagar a sua prestação.

Na Gestlifes consideramos estes parâmetros no momento de recomendar o crédito consolidado mais vantajoso para a sua situação financeira, pois temos em conta várias entidades e indicamos a solução que se ajusta aos seus rendimentos.

Documentos Necessários Para Crédito Consolidado

Ao simular um crédito consolidado vão ser pedidos alguns documentos comuns nos pedidos de crédito ao consumo:

  • Cartão de Cidadão;
  • Comprovativo de Morada Fiscal – Uma cópia de uma fatura de luz, água, gás ou telecomunicações;
  • Comprovativo de IBAN – Obtenha este documento numa caixa multibanco ou através do Homebanking do seu banco;
  • Últimos 3 Recibos de Vencimento;
  • Último Modelo 3 do IRS – Envie a declaração encontrada na sua área pessoal no Portal das Finanças;
  • Mapa de Responsabilidades – Encontra este documento ao clicar em “Central de Responsabilidades de Crédito” no site do Banco de Portugal.

Ao consolidar créditos, pode ainda escolher, gratuitamente, a opção “Acelerar o Processo“ que permite importar o último modelo 3 do IRS de forma automática.

Este processo é feito de forma totalmente confidencial e segura.

Tempo de Aprovação Crédito Consolidado

Sendo o crédito consolidado uma modalidade de crédito ao consumo significa que existem ofertas de créditos consolidados que permitem uma aprovação em 24 horas e uma formalização da consolidação noutras 24 horas.

No geral, maior parte das ofertas de créditos consolidados oferece uma resposta final entre 48h a 72h, dependendo dos créditos em causa para consolidar.

Isto porque juntar créditos é um método bastante simples para as financeiras.

Ao consolidar créditos não será exigida muita burocracia, e pode começar a poupar mensalmente de forma bastante célere.

Ainda que seja grátis pedir uma consolidação de créditos, começar um novo contrato engloba por norma custos.

No entanto, é provável que estes sejam incluídos no custo total do crédito, ou seja, vão ser diluídos na mensalidade.

Sendo uma vertente de crédito ao consumo, é provável que sejam incluídos estes custos:

  • Comissões de Abertura de Contrato;
  • Imposto de Selo;
  • Taxas de Amortização de Crédito.

Todas as propostas de crédito consolidado vão incluir um indicador chamado de MTIC (Montante Total Imputado ao Consumidor), que representa o custo total do crédito.

Caso tenha várias propostas em mão e necessite de uma solução equilibrada entre quanto vai pagar no total do crédito e a prestação mensal, pode confirmar aquela que oferece a mensalidade mais baixa e com um custo total menor.

Melhor Crédito Consolidado

Ao consolidar créditos existem aspetos que deve analisar antes de avançar com o pedido para reduzir ao máximo os seus gastos.

Assim, tenha em conta:

  • Montante de Financiamento – Quanto precisa vai ter grande impacto no valor e horizonte temporal a pagar. Desta forma, ao pedir um crédito consolidado escolha apenas o montante de que necessita para evitar gastar mais do que o necessário.
  • Prazo de Pagamento – É verdade que pode conseguir até 120 meses de período de pagamento e assim pagar menos por mês. No entanto, isso pode aumentar os juros. O ideal é encontrar o equilíbrio ao juntar os créditos.
  • Taxas de Juro – Como este valor vai depender do montante e do prazo aplicado, um banco com taxas mais baixas pode não as refletir no seu pedido em concreto. Além disso, não cometa o erro de olhar apenas para as taxas de juro isoladamente. Veja, sim, a Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) e o MTIC.
  • Financiamento Adicional – Se está a precisar de um dinheiro extra, pode juntar esse novo montante aos créditos anteriores. Não se esqueça de que terá de pagar sempre as suas prestações. Por isso, deve analisar a sua situação financeira com cuidado.

Também aconselhamos que veja se o seu acesso a um crédito está restrito. A chamada “lista negra“, ou o facto de ter créditos em incumprimento no Mapa de Responsabilidades, pode constituir uma barreira à obtenção de um crédito consolidado.

É verdade que se tiver por exemplo dois empréstimos com prazos de pagamento a 72 meses, pode juntar os dois créditos numa consolidação e ainda aumentar este período.

A poupança num crédito consolidado está totalmente associada ao alargamento do prazo, o que significa que irá pagar prestações durante mais tempo.

Aliás, pode conseguir um alargamento de prazo de pagamento até 120 meses de crédito consolidado, o que pode resultar numa poupança mensal significativa.

No fim de contas, mesmo que pague um pouco mais pela totalidade de crédito, a qualidade de vida que ganha no momento é uma justificação suficiente para fazer uma consolidação de créditos.

  • Poupança Mensal
  • Facilidade de Pagamento
  • Financiamento Adicional
  • Prazos Até 120 Meses
  • Pouca Burocracia
  • Pagar Durante Mais Tempo
  • Montante Total Aumenta
  • Aprovação Limitada
  • Taxas de Amortização

É verdade que a consolidação de crédito está associada à poupança mensal e a prazos de pagamento mais alargados.

Mas quais são as vantagens e desvantagens do crédito consolidado? Qual o impacto que uma consolidação de crédito pode ter na sua carteira?

  • Poupança MensalJuntar créditos permite uma redução até 60% das mensalidades.
  • Facilidade de Pagamento – Acabam os vários débitos de pagamento na sua conta, o pagamento é realizada apenas a uma entidade.
  • Financiamento Adicional – Ao consolidar o crédito pode pedir um montante adicional.
  • Prazos Alargados– Consoante o tipo de crédito, é possível tornar num crédito 120 meses.
  • Pouca Burocracia – Após a simulação online de crédito consolidado consegue uma aprovação rápida e com pouca documentação. Na maior parte das ofertas de créditos consolidados não será obrigado a mudar de banco, facilitando também o processo.
  • Pagar Durante Mais Tempo – Ao reduzir as prestações significa que o prazo de pagamento aumenta, desta forma pagará durante mais anos o crédito.
  • Montante Total Aumenta – Ao aumentar o prazo de pagamento ou pedir um financiamento adicional terá reflexo no montante total a pagar.
  • Aprovação Limitada – Caso já esteja em incumprimento poderá não conseguir a consolidação de crédito.
  • Taxas de Amortização – Quando paga a totalidade de um crédito para entrar numa consolidação, podem existir taxas de amortização.

No fim de conta e apesar das suas desvantagens, consolidar créditos é melhor do que entrar em incumprimento com as entidades financeiras e acabar com o nome na “lista negra” do Banco de Portugal.

Com uma nova folga na sua carteira, pode também optar por amortizar o crédito e terminar o pagamento antecipadamente.

É importante não cair na tentação de pedir um financiamento adicional caso não necessite, desta forma não aumenta o montante total de pagamento e não prejudica a redução da sua prestação.

Consolidar créditos é uma solução a considerar para quem está farto de pagar várias prestações em datas diferentes.

Ao juntar créditos numa prestação mensal mais baixa, vai conseguir ter mais folga financeira para cumprir os seus compromissos e ainda poupar para aplicar noutros objetivos.

Deve reter que a melhor proposta de crédito será aquela que lhe oferecer uma mensalidade mais baixa e um MTIC reduzido, sendo que também deve responder às suas necessidades da melhor forma.

E, é aqui que a Gestlifes pode melhorar a sua qualidade de vida.

👪 +5.000

Famílias que já ajudámos!

📣 0

Reclamações no Portal da Queixa!

É crucial que compare diferentes propostas para garantir que se cruza com a mais vantajosa. Mas, percebemos que isso requer algum conhecimento do mercado.

Algo que não é problema para nós porque diariamente analisamos propostas de crédito de diferentes entidades e sabemos exatamente onde procurar consoante a situação do cliente.

Como pedir um crédito consolidado requer tudo isto, comparamos as opções de financiamento por si, sem qualquer custo e garantimos um acompanhamento personalizado durante todo o processo de consolidação.

Perguntas Frequentes

O que é um crédito consolidado?

Um crédito consolidado permite-lhe juntar todos os créditos numa única prestação mais baixa.

Como pode alargar o prazo de pagamento e obter taxas de juro reduzidas, transforma as várias prestações que paga mensalmente numa única mensalidade, com uma redução que pode chegar até a 60%.

Mesmo que tenha vários créditos espalhados em diferentes entidades financeiras, o banco que escolhe para o ajudar na consolidação de créditos, trata de todo o processo por si.

Depois de consolidar créditos, começa a pagar a uma só entidade financeira (a entidade onde fez a sua consolidação de créditos).

Como pedir uma consolidação de créditos?

Para consolidar créditos basta apenas perceber o valor total que tem em dívida.

Posteriormente basta simular a sua redução de prestação no nosso simulador de crédito consolidado, que vai comparar as várias propostas dos bancos e indicar-lhe a mais barata para si.

De forma gratuita apresentamos uma prestação reduzida com base nas suas necessidades e uma proposta de consolidação de crédito.

Caso pretenda avançar com a proposta de crédito consolidado, a nossa equipa trata de todo o processo junto da entidade financeira garantido a consolidação.

Como funciona a consolidação de créditos?

O funcionamento da consolidação de créditos é tão simples como pedir uma consolidação para o valor total em dívida dos vários créditos, e a nova entidade financeira trata de todo o processo junto das outras instituições, liquidando todos os valores por si.

Posteriormente, vai pagar esse valor total, numa única prestação mais baixa, a esta nova instituição financeira.

Tudo isto permite-lhe pagar menos por mês.

Como fazer um crédito consolidado online?

Atualmente pode realizar um crédito consolidado online, e na realidade tudo o que precisa é de pedir uma simulação no nosso simulador, verificar qual a melhor proposta e terminar o processo com assinatura digital.

O crédito consolidado online acaba por ter um procedimento muito semelhante aos restantes tipos de crédito ao consumo, não tendo muita burocracia associada.

Quais os bancos que fazem crédito consolidado?

Atualmente existem vários bancos que disponibilizam crédito consolidado em Portugal:

  • Banco CTT;
  • Cetelem;
  • Cofidis;
  • Montepio Crédito;
  • Universo;
  • Unibanco.

Mesmo que o seu banco não disponibilize uma oferta de consolidação, pode juntar os seus créditos junto de uma entidade que tenha crédito consolidado.

Para garantir a melhor entidade financeira para o seu caso, a nossa equipa pode comparar sem qualquer custo o mercado português por si.

O que é preciso para fazer um crédito consolidado?

Para juntar todos os créditos num só tem de preencher os seguintes requisitos:

  • Não ter créditos que foram renegociados por força do banco;
  • Ter menos de 80 anos;
  • Situação profissional estável;
  • Soma dos créditos individuais ser superior a 5.000€;
  • Ter rendimentos declarados em Portugal;
  • Não estar em situação de incumprimento com os bancos.

Os bancos analisam a sua situação de vida para garantir que consegue cumprir com o pagamento das prestações do seu crédito e que não vai entrar em incumprimento.

Existe ainda assim uma exceção no mercado, um parceiro da Gestlifes, o BNI Europa analisa também pedidos que estejam com menos 3 meses de incumprimento e que não tenham excedido o valor da dívida de 75.000€.

É possível juntar crédito pessoal a crédito habitação?

Sim, é possível juntar um crédito pessoal a credito habitação numa consolidação.

Por norma, os créditos consolidados envolvem créditos ao consumo porque estes são mais fáceis de ser acumulados. Mas, existe ainda a possibilidade de juntar créditos de habitação com pessoais.

O que ter em conta para encontrar o melhor crédito consolidado?

Para encontrar o melhor crédito consolidado deve principalmente procurar por financeiras que apresentam as taxas de juro mais baixas e com prazos alargados.

Este é um ponto de partida para juntar créditos e conseguir uma prestação mais reduzida.

Em casos de aflição, utilizar um simulador crédito consolidado permite obter uma previsão de crédito consolidado na hora e perceber o quanto pode poupar.

Consolidar créditos fica mais caro a longo prazo?

A verdade é que se alargar o prazo de pagamento ao máximo, significa que vai pagar o crédito durante mais tempo, e também o montante total do crédito é maior porque acumula mais juros.

Todavia, a grande vantagem é que consegue pagar muito menos por mês depois de juntar as prestações.

A sugestão principal é encontrar um balanço entre o tempo de pagamento e o valor a pagar por mês, ainda assim, se procura a prestação mais baixa com uma consolidação, tem de ter em conta um prazo mais alargado de pagamento.

Existem desvantagens na consolidação de créditos?

Como qualquer pedido de crédito, o crédito consolidado também tem desvantagens:

  • Ao reduzir as prestações significa que o prazo de pagamento aumenta, desta forma pagará durante mais anos o crédito.
  • Ao aumentar o prazo de pagamento ou pedir um financiamento adicional terá reflexo no montante total a pagar.
  • Caso já esteja em incumprimento poderá não conseguir a consolidação de crédito.

Apesar de existirem desvantagens, é verdade que é a melhor forma de reduzir encargos mensais e evitar situações de incumprimento.

A Gestlifes analisa a sua situação gratuitamente e indica-lhe qual a melhor solução para si.

Conheça o funcionamento da consolidação de créditos e saiba como pode conseguir o melhor crédito consolidado.

Como pode a Gestlifes ajudar na consolidação de créditos?

A Gestlifes é especialista em análise de crédito, isto significa que vamos analisar a sua situação financeira e perceber qual a melhor forma de conseguir poupar dinheiro, ou seja, obtemos o melhor crédito consolidado para si.

O nosso serviço é gratuito, não tem qualquer compromisso e oferecemos uma rápida resposta à sua situação.