VoltarTodos os artigos
Rita Quaresma
Revisto por Rita Quaresma
Rita Quaresma

Formei-me em Gestão em 2007 e sou Analista de Crédito desde então. Trabalho há mais de 5 anos na Gestlifes, onde já ajudei centenas de famílias a encontrarem as melhores soluções para as suas finanças.

Crédito Hipotecário: O Que é? Como Funciona a Hipoteca?

Banco de Portugal

Gestlifes é uma marca JPCOM, intermediário de crédito vinculado e autorizado pelo Banco de Portugal nº1409.

Simule Grátis

Indique-nos de quanto precisa e obtenha o melhor crédito habitação.

30000€
1000000€


É sabido que se a entidade financeira sentir segurança relativamente ao seu perfil enquanto cliente do banco, mais perto está de conseguir a aprovação do crédito.

Por isso, é normal que surjam propostas de financiamento que incluam a garantia de imóvel ou de outro bem, que ofereçam uma segurança extra ao banco e permitam aos consumidores uma maior facilidade em aceder a crédito e obter melhores condições.

Esta modalidade surge como crédito hipotecário, e como o próprio nome indica, inclui uma hipoteca.

Em Portugal existem alguns tipos de crédito que incluem hipoteca de imóvel, sendo que, grande parte das financeiras que permitem hipotecar trabalha com a Gestlifes.

Por isso, se já conhece o conceito e está à procura de empréstimo, a Gestlifes pode ajuda-lo a encontrar a solução mais adequada para o seu caso.

Explicação do que é e como funciona o crédito hipotecário

Um crédito hipotecário é uma modalidade de financiamento que envolve uma hipoteca.

Ao formalizar um empréstimo com hipoteca acaba por oferecer ao banco um bem de valor, e este, é utilizado como uma garantia para a instituição do crédito.

Hipotecar um bem permite por norma, reduzir o risco do financiamento e conseguir melhores condições de crédito.

Isto acontece porque a entidade financeira tem uma segurança extra que permite ter algum retorno caso exista incumprimento com o pagamento do crédito hipotecário.

A hipoteca significa que está a oferecer o direito de um bem de valor, móvel ou imóvel, enquanto existe um pagamento a decorrer.

Ao hipotecar um bem móvel ou imóvel, este continua seu enquanto paga pelo financiamento, passando apenas para o banco em casos de litígio ou incumprimento do contrato.

Em Portugal existem três tipos de hipoteca:

  • Hipoteca Voluntária – Quando existem mútuo acordo entre ambas as partes como é o caso do crédito hipotecário;
  • Hipoteca Legal – Um tipo de hipoteca a favor do estado que por norma acontece quando existe falta de pagamentos à segurança social e o contribuinte não tem forma de liquidar a dívida;
  • Hipoteca Judicial – Acontece regularmente em situações de insolvência, quando o titular tem de hipotecar um bem para garantir determinado pagamento.

Num empréstimo com hipoteca existe um mútuo acordo, entre a pessoa e a entidade financeira, para hipotecar um bem e assim existir a formalização do crédito hipotecário.

Regra geral, neste tipo de financiamento o bem associado é um imóvel.

No entanto, existe a possibilidade de hipotecar outros bens, como um carro ou um barco, desde que estes tenham valor para a entidade financeira.

Um empréstimo com garantia de imóvel é apenas mais comum em Portugal visto que é naturalmente o bem com mais valor que o titular pode oferecer.

Apesar de ser uma caraterística que pode ser negociada e incluída num financiamento por ambas as partes, existem determinados tipos de crédito que obrigam necessariamente a hipotecar um bem.

Tipos de Crédito Hipotecário

Em Portugal existem algumas modalidades de financiamento que permitem incluir de forma opcional ou obrigatória a hipoteca de um bem.

Assim vamos resumir-lhe de seguida quais os tipos de créditos hipotecários em Portugal, podendo já ficar com uma noção:

  • Crédito Habitação;
  • Crédito Para Terreno e Construção;
  • Crédito Multirriscos;
  • Crédito Automóvel;
  • Crédito Consolidado.

Saiba ainda que para qualquer uma destas soluções a Gestlifes pode encontrar a solução certa para si.

Trabalhamos com várias entidades financeiras que disponibilizam todos estes financiamentos, incluindo a possibilidade de hipotecar um bem para conseguir condições mais baratas.

Indique-nos qual o crédito que procura, e de forma gratuita e sem compromisso, encontramos-lhe o financiamento certo.

Crédito Habitação Hipotecário

Começamos pela modalidade mais conhecida de crédito hipotecário, o crédito habitação.

Devido ao elevado valor dos imóveis é completamente natural que, cada vez mais, as entidades financeiras financiem a compra de uma casa com uma garantia de imóvel.

Na realidade o que acontece é que com a hipoteca de imóvel, o banco pode ficar com o imóvel como garantia caso exista incumprimento com o empréstimo.

Esta é uma condição fechada no momento da formalização do financiamento e associada à escritura.

Caso corra tudo naturalmente com o pagamento do crédito hipotecário, a casa é sempre dos titulares.

Credito Habitacao Para Terreno e Construcao

Se procura um crédito para comprar terreno, e que inclua também financiamento extra para construção, esta é a solução ideal.

Um pouco à semelhança do crédito habitação, este acaba por ser uma modalidade que vai encontrar uma cláusula obrigatória com garantia de imóvel para entidade financeira.

Como referimos anteriormente é natural que exista uma hipoteca devido ao valor em causa.

Mas, ao contrário do financiamento mais comum de habitação, neste caso o banco está a financiar um projeto que ainda requer projeto, obras e construção desde o zero e o risco é ainda maior, por isso acaba por incluir uma garantia imóvel.

Credito Multifuncoes

Um crédito multifunções é um financiamento que envolve por norma, um crédito habitação e um crédito ao consumo.

Como é uma espécie de 2 em 1, esta modalidade faz com que o valor financiado dispare, e assim as financeiras obrigam a que seja um empréstimo com hipoteca de imóvel.

Esta solução pode ainda ser utilizada para clientes que já têm um crédito habitação, mas que precisem de um financiamento extra.

Desta forma, é oferecida a hipoteca de um imóvel para conseguir adicionar mais um crédito.

Crédito Automóvel Com Reserva de Propriedade

Apesar de não ser tão conhecida na vertente da hipoteca, a verdade é que são cada vez mais as ofertas de crédito automóvel com reserva de propriedade.

A reserva de propriedade é nada mais, nada menos, que uma cláusula do contrato em que o banco tem como garantia o próprio automóvel caso não cumpra com o pagamento do empréstimo.

Ou seja, acaba por ser uma cláusula de hipoteca.

Todavia, esta caraterística é por norma opcional, existindo uma oferta com e outra sem reserva.

Tal como outras soluções com hipoteca, incluir a reserva de propriedade permite baixar os custos do crédito.

Crédito Consolidado Com Hipoteca

O crédito consolidado é um tipo de financiamento ao consumo que permite tornar vários créditos num só.

Esta é uma modalidade útil para quem tem vários pagamentos relacionados com empréstimos, porque vai transformar tudo em apenas um contrato e conseguir uma redução de prestação que pode chegar até 60%.

Este não é um tipo de empréstimo com hipoteca de imóvel obrigatória, ainda assim em certos casos pode ser mais atrativo incluir uma garantia.

Isto é, quando procura por esta solução pode conseguir mais reduzir ainda mais os custos do seu contrato ao incluir a hipoteca.

Como Hipotecar Um Imóvel Em Portugal?

Hipotecar um imóvel em Portugal é até um processo simples, tendo em conta que as financeiras costumam estar disponíveis para receber mais garantias nos financiamentos.

Para o consumidor a tarefa mais complicada é até encontrar a financeira certa, porque dificilmente vai encontrar um simulador de crédito hipotecário que permita de forma direta avançar com uma proposta e perceber as vantagens de cada simulação.

Principalmente porque o crédito hipotecário é por norma uma cláusula nos contratos de crédito, e não uma modalidade direta de financiamento.

Assim, a solução passa por analisar o mercado e encontrar as propostas certas de crédito hipotecário.

A Gestlifes pode fazer esse trabalho por si, e tudo o que tem de fazer é indicar-nos o que procura e a nossa equipa faz todo esse trabalho gratuitamente.

Apesar da documentação do crédito hipotecário depender do tipo de financiamento, existem alguns documentos que são transversais em todos os processos, sendo estes os principais:

  • Cartão de Cidadão;
  • Comprovativo de Morada Fiscal – Uma cópia de uma fatura de luz, água, gás ou telecomunicações;
  • Comprovativo de IBAN – Obtenha este documento numa caixa multibanco ou através do Homebanking do seu banco;
  • Últimos 3 Recibos de Vencimento;
  • Último Modelo 3 do IRS – Envie a declaração encontrada na sua área pessoal no Portal das Finanças;
  • Mapa de Responsabilidades – Encontra este documento ao clicar em “Central de Responsabilidades de Crédito” no site do Banco de Portugal.

A entrega do documentação de forma rápida agiliza também o processo de aprovação do crédito em si.

Tempo de Aprovação Crédito Hipotecário

Envolvendo uma hipoteca, o crédito hipotecário tem por norma um tempo de aprovação mais demorado.

No que toca a modalidades de crédito pessoal, como a vertente automóvel e consolidado com hipoteca, o tempo de aprovação continua a ser rápido, podendo mesmo ser fechado em poucos dias.

Relativamente a crédito hipotecário que envolva crédito habitação, será naturalmente um processo mais demorado visto que envolve avaliação de imóveis e mais burocracias para formalizar o empréstimo com hipoteca.

  • Redução de Custos
  • Várias Finalidades
  • Facilidade de Aprovação
  • Prazos Alargados
  • Mais Burocrático
  • Risco de Perda do Bem

Como em qualquer tipo de crédito, é normal que existam vantagens e desvantagens, e o mesmo acontece no crédito hipotecário.

Por isso, vamos explicar-lhe o que está em causa neste financiamento.

  • Redução de Custos – Como está a oferecer um bem ao banco em troca de um financiamento, está a conseguir também a redução de custos. Esta é também uma oportunidade para negociar a oferta de crédito diretamente com a instituição.
  • Várias Finalidades – A possibilidade de hipotecar um bem está incluída em várias modalidades de financiamento, por isso, ao comparar várias entidades financeiras é provável que encontre uma oferta que permita inserir uma garantia.
  • Facilidade de Aprovação – Como os bancos também estão interessados em garantir mais segurança, sempre que inclui uma hipoteca como um imóvel ou um carro, fica sempre mais próximo de conseguir a aprovação do crédito.
  • Prazos Alargados – Seja um crédito ao consumo ou crédito habitação, a hipoteca é utilizada em modalidades com prazos alargados. Mesmo falando de crédito pessoal, o crédito consolidado 120 meses, que permite incluir hipoteca, é um dos exemplos do alargamento possível dos prazos.
  • Mais Burocrático – Se procura uma solução de crédito rápido, pode ser mais complicado conseguir a aprovação em poucas horas. Incluir uma garantia imóvel requer uma análise do seu valor e por isso, pode demorar mais alguns dias até terminar o processo.
  • Risco de Perda do Bem – Visto que é impossível prever o futuro, ao estarmos a incluir uma garantia no empréstimo, existe sempre uma hipótese de perder o bem caso não consigamos pagar o crédito.

Incluir a hipoteca num empréstimo é uma solução útil para quem procura reduzir custos ou mesmo conseguir a aprovação do crédito.

No entanto, tem de estar confortável com esta decisão, ou seja, é necessário ter a certeza que consegue pagar com o que está a ser proposto para não perder o seu bem para o banco.

Desta forma um empréstimo com hipoteca imóvel é algo que deve ser ponderado, e se possível com a ajuda na análise relativamente às suas possibilidades de pagar o crédito.

Se assim for, conte com a Gestlifes para ajudar a analisar o seu caso.

👪 +4.400

Famílias que já ajudámos!

📣 0

Reclamações no Portal da Queixa!

Perguntas Frequentes

O que é um crédito hipotecário?

A hipoteca consiste em oferecer o direito de um bem de valor, móvel ou imóvel, enquanto existe o pagamento a decorrer.

Assim, ao formalizar um empréstimo com hipoteca acaba por oferecer ao banco um bem de valor, e este, é utilizado como uma garantia para a instituição do crédito.

Hipotecar um bem permite por norma, reduzir o risco do financiamento e conseguir melhores condições de crédito.

Como hipotecar um imóvel?

Conseguir um crédito hipotecário depende apenas da modalidade que pretende.

Principalmente porque o crédito hipotecário é por norma uma cláusula nos contratos de crédito, e não uma modalidade direta de financiamento.

Esta vertente esta disponível principalmente no crédito habitação e no crédito consolidado.

Assim, a solução passa por analisar o mercado e encontrar as propostas certas de crédito hipotecário.

A Gestlifes pode fazer esse trabalho por si, e tudo o que tem de fazer é indicar-nos o que procura e a nossa equipa faz todo esse trabalho gratuitamente.

O que significa hipoteca?

A hipoteca significa que está a oferecer uma garantia, móvel ou imóvel, a uma entidade enquanto existe o pagamento a decorrer.

Em Portugal existem três tipos de hipoteca:

  • Hipoteca Voluntária – Quando existem mútuo acordo entre ambas as partes como é o caso do crédito hipotecário;
  • Hipoteca Legal – Um tipo de hipoteca a favor do estado que por norma acontece quando existe falta de pagamentos à segurança social e o contribuinte não tem forma de liquidar a dívida;
  • Hipoteca Judicial – Acontece regularmente em situações de insolvência, quando o titular tem de hipotecar um bem para garantir determinado pagamento.

Quais os tipos de crédito hipotecário?

Em Portugal existem algumas modalidades de financiamento que permitem incluir de forma opcional ou obrigatário a hipoteca de um bem, são elas:

  • Crédito Habitação;
  • Crédito Para Terreno e Construção;
  • Crédito Multirriscos;
  • Crédito Automóvel;
  • Crédito Consolidado.

Saiba ainda que para qualquer uma destas soluções a Gestlifes pode encontrar a solução certa para si.

Onde encontrar um simulador de crédito hipotecário?

Para o consumidor a tarefa mais complicada é até encontrar a financeira certa, porque dificilmente vai encontrar um simulador de crédito hipotecário que permita de forma direta avançar com uma proposta e perceber as vantagens de cada simulação.

Esta é por norma uma caraterística de determinado crédito, ou seja, se é obrigatório ou opcional hipotecar. Dessa forma, é necessário analisar e comparar diferentes ofertas do mercado.

SIMULAR AGORA! SIMULAR AGORA!